wise-logo

Atrair, desenvolver e manter o talento feminino em STEM ao longo de todo o itinerário de formação e trabalho. Para tal, oferece serviços diversos desde a fase escolar até a integração no trabalho.

  • Organização:

    WISE-Woman into Science and Engineering

  • País

    Reino Unido

  • Endereço:

    Quest House – 38 Vicar Lane, Bradford, BD1 5LD, UK

NÍVEL EDUCATIVO (idade)

wisegraf-GNE

APOIO AUDIOVISUAL

MAPA

ANÁLÍSE DA INOVAÇAO

ES-WISE-GA

wise-fondo pantalla

1. PROBLEMA QUE A INOVAÇÃO TENTA SOLUCIONAR

A WISE foi criada em 1984 após o relatório Finniston sobre o futuro da engenharia no Reino Unido, que insistiu na necessidade de uma maior reserva de talento de cientistas e engenheiros. Foi criada como uma campanha para incentivar e inspirar as mulheres mais jovens a considerarem as carreiras científicas e de engenharia.

Tanto pela imagem transmitida pela mídia quanto pela pressão dos amigos, ou por uma assessoria inadequada, as mulheres jovens muitas vezes não consideram as carreiras STEM como carreiras interessantes e bem remuneradas.

Este fato provoca a perda do talento feminino na área STEM e a desigualdade de gênero na força de trabalho nestes setores.

Para se conseguir o crescimento econômico, é necessário aumentar a fonte do talento em STEM e, a partir desta perspectiva, é necessário promover a presença das mulheres em STEM.

A WISE assume no Reino Unido este desafio, tendo como meta aumentar a representação das mulheres na força de trabalho nesta área dos atuais 13% para 30% em 2020.

2. QUE SOLUÇÃO SE PROPÕE?

Em 1984, o Conselho de Engenharia colaborou com a Comissão da Igualdade de Oportunidades para lançar o ano WISE. Encabeçada pela baronesa Beryl Platt, presidente da Comissão da Igualdade de Oportunidades no momento, a iniciativa estava destinada a destacar as oportunidades para as jovens e as mulheres na ciência e nas carreiras de engenharia.

Desde então, a WISE foca em atrair, desenvolver e manter o talento feminino em STEM ao longo de todo o itinerário de formação e trabalho. Por isso, sua campanha baseia-se na construção e manutenção do “pipeline”, isto é, no reforço do processo que as mulheres percorrem desde sua fase escolar até sua integração total no mundo do trabalho STEM, inclusive nos conselhos de direção empresarial.

Deste modo, propõem serviços de orientação, formação e apoio necessários para o aumento da presença das mulheres nestes setores profissionais.

A WISE trabalha diretamente com as meninas e as mulheres, mas também colabora de forma criativa com as instituições públicas, educativas e empresariais.

No trabalho direto, a WISE considera que as mulheres devem sentir-se suficientemente seguras para poder escolher entre um leque mais vasto de carreiras profissionais, sem limitações devidas a estereótipos ou a ideias arcaicas. Para tal, adota uma abordagem criativa, promovendo o atrativo das oportunidades de trabalho STEM. A campanha baseia-se em ouvir as próprias meninas e mulheres jovens, entendendo suas preocupações e comunicando a mensagem ao resto da sociedade.

No trabalho com instituições, a WISE oferece modelos, ferramentas e estratégias para dar apoio às organizações da área STEM que queiram vencer as abordagens tradicionais, trabalhar o equilíbrio de gênero  em suas próprias entidades ou contribuir para a promoção do talento feminino com colaborações diversas (formação, financiamento, etc.).

3. COMO FUNCIONA ESTA SOLUÇÃO?

A WISE dá prioridade às atividades que:

  • Focam nos resultados das meninas e mulheres jovens na educação/formação.
  • Contribuem para os planos existentes a fim de maximizar seu impacto entre as meninas e mulheres jovens.
  • Incidem nos agentes influentes para promover políticas eficazes para a população feminina.
  • Inovam e fazem modelos, ferramentas e abordagens-piloto.
  • Exploram e medem fatores de sucesso.

A WISE trabalha em três níveis para atrair, manter e desenvolver o talento feminino na área STEM:

  • Documentação da situação: Mediante relatórios que registram evidências da situação das mulheres na área STEM (por exemplo, o relatório de estatísticas sobre a participação da mulher em STEM no Reino Unido), difunde a situação atual pelos meios de comunicação e entre os organismos públicos, tendo em vista gerar uma alteração que reverta a situação de desigualdade de gênero.
  • Construção do “pipeline”: Trabalha com as escolas e os institutos de formação, assim como com as famílias, oferecendo orientação, programas de ajuda, estágios ou serviços de agências de contratação (bolsas de emprego, etc.) para atrair e desenvolver o talento feminino em STEM.
  • Manutenção do “pipeline”: Em vez de focar apenas no trabalho direto com as mulheres jovens, a WISE também colabora com empresas e outras organizações que já trabalham ou querem potencializar a presença das mulheres em sua área STEM. Oferece serviços de assessoria, formação, criação de redes e reconhecimento por meio de prêmios para as mulheres e entidades que desenvolvem um papel relevante em STEM relacionados com a missão da WISE.

Mais concretamente, a WISE oferece os seguintes serviços:

1. Para meninas, moças e mulheres:

  • Meninas e moças:

Programas de aprendizagem (oficinas, estadias em empresas, etc.) e informação sobre carreiras e profissões STEM. Também conta com recursos para os pais: guia para conhecerem os benefícios que podem ter para suas filhas o fato de seguirem uma carreira STEM; informação sobre instituições educativas às quais podem ir; guia de instituições que dão apoio à educação STEM, etc.

  • Mulheres:

1) Mentoring: Muitas empresas oferecem programas de tutoria de apoio para os funcionários, e isto pode ser especialmente benéfico para as mulheres que trabalham em STEM, onde muitas vezes são uma minoria e podem beneficiar-se deste estímulo e apoio adicional.

2) Bolsas de Estudo e Prêmios: Os Prêmios WISE querem divulgar o talento e as conquistas das mulheres e das meninas no ambiente STEM, destacando exemplos positivos e realidades que possam inspirar outras pessoas.

3) Bolsas de Emprego.

4) Role models: Destacam-se experiências de referência das mulheres em STEM como exemplo a seguir: vídeos, documentários, etc. É interessante destacar o WISE blog, um site em que a cada mês uma mulher (engenheira, cientista, inventora, técnica, etc.) descreve como e por que optou por uma carreira STEM.

2. Para o setor educativo: 

A WISE tem a missão de aumentar a participação das mulheres jovens na educação STEM. Nesta seção, a WISE oferece recursos (toolkits e guias) para ajudar as instituições (administração, centros educativos, equipes diretivas, etc.) a aumentarem a participação de meninas em STEM. Além disso, são empreendidas ações concretas em escolas, institutos e universidades: oficinas para pais e mães, meninas e professores; repositório de recursos (de Tomorrow’s Engineers, cartazes para a escola, etc.); relatórios sobre a escolha de carreiras STEM; bolsas de estudo, prêmios de reconhecimento para os centros educativos, etc. 

3. Para as empresas e os centros tecnológicos: 

A WISE tem uma vasta experiência de trabalho com empresas e uma grande rede de organizações em STEM. Trabalharam com a WISE cerca de 100 entidades que abrangem desde pequenas, médias e grandes empresas até universidades e centros tecnológicos.

A WISE ajuda as entidades a reverem e melhorarem sua diversidade de gênero, implementando políticas e práticas de inclusão.

Estas entidades podem tornar-se membros da WISE, recebendo assessoria sobre a forma de melhorar a participação das mulheres em STEM e oferecendo-se para prestar alguns dos serviços WISE (mentoring, bolsas de estudos, etc.).

Por sua vez, esta colaboração proporciona benefícios para as empresas: reconhecimento e contato com a administração, intercâmbio de boas práticas, possibilidade de contarem com bolsistas, publicação da bolsa de emprego, Responsabilidade Social Corporativa, etc.

4. INDICADORES DE IMPACTO E RESULTADOS

A WISE há 30 anos promove o talento feminino na área STEM. Seus programas tiveram um grande alcance como o caso WISE Vehicle Programme, cujo objetivo consistia em oferecer atividades tecnológicas a meninas de 13-14 anos de idade. Desde 1983 até 2004, participaram deste programa 370.000 meninas; foram efetuadas 4.500 visitas escolares na Inglaterra, Escócia e Gales; e foram conseguidos 2,5 milhões de libras de 100 patrocinadores. De acordo com dados de 2009, a campanha WISE já ajudou a duplicar a percentagem de mulheres graduadas em engenharia, de 7% em 1984 para 15% em 2009.

5. PONTOS FORTES DA INOVAÇÃO

  • Abordagem integral e de longa duração para fortalecer o processo educativo e profissional das mulheres.
  • Quadro de atuação consolidado e enraizado, com uma trajetória de 30 anos.
  • Rede de entidades colaboradoras.

6. ALCANCE GEOGRÁFICO

Reino Unido.

7. MODELO DE RECEITA

A WISE conta com os recursos das empresas e instituições colaboradoras (Jaguar, British Gas, Royal Air Force, etc.). Estas proporcionam tanto recursos próprios (pessoal e instalações) quanto financiamento para os eventos e prêmios WISE.

Além disso, em 2014 a WISE incorporou o UK Resource Centre (UKRC) for Women in STEM, que tinha um contrato do Governo de 2004-12 com o objetivo de aumentar as oportunidades para as mulheres na ciência, engenharia e tecnologia, por meio de serviços de apoio aos negócios e à educação. O UKRC é agora uma Community Interest Company que opera como WISE. É sustentado por parcelas individuais e pelo pagamento de diferentes serviços oferecidos às entidades empresariais e educativas.