logo_Matte

Rede de apoio (presencial e online) de aprendizagem de matemática para alunos de 9 a 19 anos de idade, que opera em horário não letivo. Mobiliza mentores e proporciona conteúdos modernos para a apresentação da matéria.

NÍVEL EDUCATIVO (idade)

mattecentrumgraf-GNE

VIDEO

MAPA

ANÁLÍSE DA INOVAÇAO

ES-Mattecentrum-GA

mattecentrum

1. PROBLEMA QUE A INOVAÇÃO TENTA SOLUCIONAR

Diversos estudos internacionais (TIMSS, PISA, TIMSS advanced) mostram reiteradamente nos últimos 10-15 anos que os resultados em matemática das crianças e adolescentes europeus diminuíram tanto em comparação com outros países quanto com os resultados dos anos anteriores.

Os estudos demonstraram que o número de estudantes que não têm conhecimentos básicos de matemática aumentou, assim como se reduziu o número de estudantes no nível mais avançado. A mudança mais significativa registrou-se no sexo masculino. Além disso, os estudos evidenciam que a igualdade no sistema escolar sueco diminuiu e que há uma grande diferença entre as escolas, as aulas e os professores.

2. QUE SOLUÇÃO SE PROPÕE?

Johan Wendt fundou o Mattecentrum como uma solução para este problema.

Se for oferecida ajuda gratuita para a aprendizagem da matemática por meio de um método inspirador e divertido, aumenta o conhecimento e o interesse na matemática por parte dos jovens. 

O Mattecentrum oferece ajuda gratuita de matemática a todas as crianças que necessitam dela ou que a desejam. Utiliza duas formas: sessões presenciais de tutoria gratuita (mathlabs) e  online.

3. COMO FUNCIONA ESTA SOLUÇÃO?

O empreendedor Johan Wendt criou uma rede de apoio de aprendizagem de matemática para crianças e jovens de 9 a 19 anos de idade, que opera depois do horário letivo.

São constituídos grupos reduzidos de alunos com mentores profissionais ou especialistas em matemática. Proporciona uma metodologia baseada no seguinte:

1. Liberdade dos alunos na escolha do mentor.

2. Geração de conteúdos inovadores para apresentação da matemática (como utilizar cantores famosos para darem uma aula de matemática). Também desenvolveu uma programação online unida a um App educativo, que é o mais descarregado na Suécia, Noruega e Dinamarca.

Meio milhão de crianças e jovens já foram beneficiados. O Mattecentrum proporciona tutoriais de forma gratuita para 70.000 jovens todos os meses, através de duas vias:

  • Sessões tutoriais: Ministram 67 sessões (mathlabs) por semana em 24 cidades da Suécia, envolvendo 400 voluntários. Os voluntários são pessoas com um alto conhecimento de matemática e a maioria deles tem um título em Ciências. Há estudantes que frequentam quatro vezes por semana durante três anos, com uma grande mudança em seu interesse, percepção e desempenho em matemática.
  • Através de uma plataforma online, as crianças recebem lições mediante vídeo: Online em sueco e em inglês. O site inclui teoria, exemplos, fóruns e 800 lições em vídeo que foram vistas mais de quatro milhões de vezes. Mais de 150.000 alunos estudam com o Mattboken.se todos os meses. Isto é, 17% das crianças de 9 a 19 anos de idade.

4. INDICADORES DE IMPACTO E RESULTADOS

Durante os seis anos de Mattecentrum, milhares de crianças foram ajudadas na Suécia a aumentar seus conhecimentos de matemática.

4.000 estudantes frequentam regularmente as sessões de estudo.

Mais de 150.000 alunos estudam com o Mattboken.se todos os meses.

Mais de meio milhão de pessoas estudaram online (é possível medir pelo Google Analytics).

5. PONTOS FORTES DA INOVAÇÃO

  • Focado em melhorar o desempenho em uma competência básica.
  • Modelo efetivo e acessível ao reforço escolar.
  • Alcance significativo.
  • Mobilização de voluntários.

6. ALCANCE GEOGRÁFICO

Inicialmente o Mattecentrum começou em Estocolmo. A expansão nacional está sempre em progresso; hoje em dia opera em 24 cidades de toda a Suécia. Desde o ano de 2011, também está presente na Dinamarca (quatro cidades).

7. MODELO DE RECEITA

O Mattecentrum é uma organização de jovens e, como tal, recebe anualmente financiamento do Swedish National Board for Youth Affairs em função do número de membros na organização.

Está em relação com diferentes empresas internacionais que patrocinam, por meio da assinatura de contratos plurianuais.

O Mattecentrum também é financiado pelo Departamento de Educação do governo sueco.

Durante o primeiro ano de 2008, o Mattecentrum conseguiu 2.000 euros. Aumentou seus fundos até conseguir 875.000 euros em 2013.